DIGAM AOS PORTUGUESES PARA VOTAR NOUTRO GOVERNO, PR.

Tenho o hábito de ler todos os dias os títulos dos jornais do meu país. Geralmente e infelizmente, assim como uma grande maioria dos portugueses, somos confrontados com notícias de » bradar aos céus » como esta:  

Praia de nudismo na Ilha da Madeira anunciada com pompa e circunstância nas redes sociais.

A página «Gay Beach Madeira Island’s «, anunciava «que hoje, pelas 13:00 horas, será inaugurada uma praia de nudismo no Lugar de Baixo…». 

Esse anúncio bombástico também foi públicado pelo Jornal da Madeira. 

Uma praia de nudismo! Será para a frequentarmos e levarmos connosco os nossos filhos e a sogra! 

Na publicação, pode ler-se que, para marcar o acontecimento, será hasteada uma bandeira.

«A praia será à esquerda do Lugar de Baixo na parte da Calhau. Esperamos por todos para comemorar esse pride juntos», pode ler-se na publicação.

Esse pride juntos ou juntinhos!!! 

Onde nisto tudo e nesta autêntica geringonça velha e caduca, os nossos governantes pretendem conduzir-nos! Será que a Ilha da Madeira, mais propriamente a Ponta do Sol, necessita de uma praia como esta para atrair os turistas! Até onde vai a subserviência do Partido Socialista e do Bloco Esquerda ao lobby Gay.

Aonde está o governo laranja da Madeira nestas alturas do «campeonato «! 

Estará o Partido Socialista esquecido que uma grande maioria dos votantes que os elegeram estão a aperceber-se que para os socialistas alcançaram os seus fins vale tudo…e o respeito pelos princípios da Família, onde se encaixa nisto tudo! 

Aonde está a Igreja Católica e os seus devotos do Município da Ponta do Sol e qual foi a posição desta perante este tão grande atentado a uma consciência cristã? Onde estão as raízes e os frutos do protestante Robert Kalley, deixadas entre os madeirenses. A mensagem cristocêntrica de Robert Kalley «mexeu » na altura com as consciências e corações dos madeirenses proporcionando uma grande comunidade protestante naquelas paragens.  Os católicos atrás dos altares, assim como os protestantes, hoje conhecidos por evangélicos, atrás dos púlpitos bem caladinhos, enquanto uns quantos impõe ideologias nefasta e contraditórias aos valores do nosso nobre povo.             

O referido jornal tentou saber, junto da Câmara Municipal da Ponta do Sol se houve, efetivamente, uma licença para a realização desta prática. Contudo, até ao momento, não tinha sido possível obter tal confirmação.

É do conhecimento geral que a Câmara Municipal  de Ponta do Sol é socialista

Até que ponto vamos aceitar que certos políticos considerem os nossos médicos de preguiçosos! No meu círculo de amizades, uma médica disse-me numa certa ocasião, que agora com isto do covid 19 trabalha que nem uma «galega «.

Será que leram o que disse ontem na Feira do Livro uma cidadã  na cidade Invicta do Porto ao nosso PR!? 

Depois de ter inaugurado a Feira do Livro em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa rumou ao Porto para visitar o mesmo evento de literatura. Na Invicta, o Presidente da República viu-se obrigado a quebrar o protocolo para responder a uma mulher que o interpelou.

«Porque é que o senhor Presidente não nos ajuda. Nós temos que pagar tudo e ninguém nos ajuda. Porque é que ajudam a TAP, os hotéis, e nós que somos microempresários, não nos ajudam. Porquê, senhor Presidente?

Porque é que eu tenho que comer pão?», Questionou a cidadã. Marcelo Rebelo de Sousa ainda hesitou mas deu resposta: » Eu dou-lhe a resposta, porque os portugueses votaram no Governo. Diga aos portugueses para votarem noutro governo».

Será que o PR quiz dizer Chega!

Pense nisto.

David Pereira.

Deja una respuesta