Comunicado A.Sharon





Ariel Sharon - Viquipèdia, l'enciclopèdia lliure

Por desejo expresso e a pedido do nosso colaborador Michel Quiñones, publicamos o seguinte texto que, sem dúvida, tem enorme interesse e não perdeu a sua atualidade.

Escândalo: Antissemitismo e ajuda ao terrorismo internacional no CDS/PP de PT


O antissemitismo é um cancro da sociedade que pode ser quer a crítica irracional, baseada em fatores irracionais (como preconceito), ao povo judeu, mesmo ódio, ou críticas preconceituosas, desfundamentadas, ao belo estado de Israel. Deve ser combatido arduamente. Sem cerimónias.
Há muitos políticos e partidos que fizeram do antissemitismo sua bandeira. E outros políticos que se disfarçando de moderados, balanceados e tolerantes, dão casa aos mais censuráveis antissemitas. Porque os antissemitas mais perigosos são aqueles que de fato e gravato vão alimentando os terroristas, inimigos de Israel. É o caso do Centro Democratico Social/Partido Popular (CDS/PP), que tem, entre outros, o caso de Raoul Almeida.
Raul Almeida, que tenta ter ares de intelectual, pessoa bem-pensada do establishment português, é um desses casos: uma das pessoas mais antissemitas em Portugal e dirigente do CDS/PP. Próximo de Mr. Portas, que gosta da sua opinião de que a Rússia é ultima fronteira cristandade e do seu conservadorismo torie,defendendo elitismo social, estratificação de sociedade, Raoul Almeida foi apoiante de Mr. Lobo Ávila, representante de escritório abogados alemão em Lisboa que levanta as maiores suspeições de cumplicidade com inimigos de Ysrael.
Raoul Almeida tem relação muito próxima com um dos mais perigosos Embaixadores portugueses que já passaram pelo Médio Oriente, Antonio Jorge Jacoob Carvalho, no tempo de PM, Mr. Guterres (agora Secretario-General ONU). Jorge Carvalho, Embaixador em Ramallah, convidou Raoul Almeida para ir visitar Gaza, então Almeida, que nunca foi tratado como um estrela na vida a não ser pelos terroristas que atentam contra Israel, apaixonou-se. Foi hipnotizado, ficando sob controlo emocional dos responsáveis da Palestinian Autoridade. No topo, Raoul Almeida ainda ganhou, e ganha, com negócios como lobbysta a favor dos responsáveis palestinos.
Neste trabalho lobbysta, Raoul Almeida faz ainda trabalhos para mercados da Turquia (colaboração com empresas do universo de um de homens mais perigosos do mundo, Erdogan), Líbia e Líbano (indiretamente, Raoul Almeida é homem dos terroristas assassinos do Hizbollah em a Europa…). Tem ajuda do advogado, lobbysta e comentador em TV channel, Mr. Marques Mendes, de escritorio Abreu Abogados (sobre quem Presidente de Republica disse que tem feito muito dinheiro em países complicados…que e preciso trava-lo de fazer tanto dinheiro para no prejudicar carreira politica dele).
Muito grave e Raoul Almeida fazer parte das visitas de casa de Nabil Abuznaid, o representante de Palestinian Autoridade, Lisboa. Raoul Almeida frequenta também casa de ferias de família de Abuznaid em Paris, tentando gozar da luxury deste senhor que toda a vida esteve ligado ao terrorismo mais sanguinário. Abuznaid tem formação militar e de intelligence na URSS – depois, passou para proteção pessoal de Yasser Arafat, participando em seus atos mais animalescos e bárbaros. Yasser Arafat foi um dos homens diabólicos que pisaram pés na Terra. Raul Almeida, e CDS porque decidiu pôr-lo na direção, são cúmplices de branqueamento de assassino em massa Yasser Arafat.
Abuznaid é um espião ao serviço palestino, um TERRORISTA com passport diplomático e proteção autoridades portugueses. Raoul Almeida é seu homem das malas. Raul Almeida participa nos negocios suspeitos, que servem para financiar inimigos de Yisrael, entre o terrorista Nabil Abuznaid e Presidente de Guine-Bissau, Sissoco Embalo.
Espero, porque tive oportunidade de conhecer trabalho de Ambassador Gamzou em sua passagem por Taiwan, que esteja em cima destes factos, no topo da situaçao. Ele não pode deixar que inimigos de Yisrael levam a melhor, nem deixar de exigir todos esclarecimentos sobre ajudantes de terroristas em Portugal. Ambassador Gamzou tem que ser primeiro defensor, primeiro combatente de Ysrael contra aqueles que lançam caos e destruiçao sobre Ysrael. Não podem passar sem advertência. Ambassador Gamzou tem que fazer seu trabalho, pedindo informaçoes CDS y Raul Almeida.
Raul Almeida chamou ao PM de Ysrael ogre, insinuando que todos pessoas de Yisrael são ogres…Palavras que são antissemitas, sem nem uma duvida. Ambassador Gamzou nao pode ficar sem nada dizer, nem vai ficar porque ele e Ambassador de Yisrael e dos representantes de Yisrael.
Como especialista em C-T, penso que tenho muito para analisar aqui…

A . Sharon

Compartir en redes sociales:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deja una respuesta